Licenciamento Ambiental

A EDF Norte Fluminense (EDF NF) prevê a construção de um novo empreendimento termelétrico aumentando a disponibilidade de energia elétrica na rede nacional de energia. A nova usina é chamada de Usina Termelétrica Norte Fluminense 2 (UTE NF2) e tem sua construção prevista no município Macaé, no estado do Rio de Janeiro.

Para o desenvolvimento do projeto desta usina, foi necessária a elaboração de estudos que permitam avaliar os impactos ambientais e a viabilidade do projeto (Estudo de Viabilidade). Assim, seguindo as definições da legislação brasileira, a EDF NF e a empresa de consultoria ambiental ECOLOGUS elaboraram o Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA). O processo de licenciamento é conduzido junto ao Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA).

Conforme Edital Nº 39/2020 publicado no Diário Oficial de União de 21/09/2020, a EDF NF realizou a Audiência Pública Virtual (APV) da UTE NF2 no dia 07 de outubro de 2020 às 19:00 e transmitida online ao vivo. Além disso, durante o período de 20 dias após a APV, ficaram disponíveis a gravação e diversos canais de comunicação (telefone 0800, Whatsapp e e-mail) para que a sociedade pudesse assistir, tirar suas dúvidas, fazer críticas e/ou sugestões. Após a análise do EIA/RIMA e das contribuições recebidas durante a Audiência Pública, o IBAMA pôde finalizar a análise técnica do projeto. O órgão concluiu pela viabilidade ambiental prévia do projeto da UTE NF2, registrada na Licença Prévia Nº 647/2021.

CONHEÇA O EIA E O RIMA

Os estudos encontram-se em fase de análise pelo IBAMA sob o processo de número: 02001.006482/2019-45. Os estudos ambientais forma disponibilizados no site do IBAMA e também no link abaixo.

Clique aqui para baixar o EIA e o RIMA

O projeto

A UTE NF 2 terá capacidade de gerar aproximadamente 1,8 GW de energia elétrica, o que representa 19% da potência elétrica total instalada no estado do Rio de Janeiro. A usina prevê a utilização de três conjuntos de geração independentes e produzirá energia de forma eficiente através em ciclo combinado, a partir da queima do gás natural e do vapor de água.

Macaé (RJ)
Local

1,8
GW

potência aproximada

Gás Natural

combustível

103,08
m³/h

consumo de água

No processo de geração de eletricidade, o vapor será resfriado utilizando-se aerocondensador (ACC), que é um sistema de resfriamento fechado onde o vapor é resfriado a partir de uma corrente de ar gerada por ventiladores. A grande vantagem do uso dessa tecnologia é a redução de, aproximadamente, 90% do consumo de água quando comparado ao uso das torres úmidas, que é a tecnologia convencional.

As instalações serão próximas à usina já existente da empresa, a UTE NF, que servirá de apoio e compartilhamento de algumas estruturas auxiliares, otimizando o serviço e reduzindo o impacto do empreendimento sobre a região como, por exemplo, a utilização compartilhada da outorga de água, visto que o consumo de água da nova usina será reduzido devido à tecnologia do ACC.

Sua integração ao sistema elétrico nacional se dará através de uma conexão com o trecho de linha de transmissão, de 500 kV, que conectará a Subestação Campos 2 (em Campos dos Goytacazes) com a futura Subestação Lagos (em Rio das Ostras), também em fase de licenciamento ambiental.

Dúvidas e sugestões

Fale com a equipe da UTE NF2!









Deseja receber informações sobre Audiência Pública